sábado, 20 de março de 2010

Sozinha ...

Sozinha estou, sozinha penso no que posso ou não fazer, sozinha vou ficar, sozinha me vou redimir, vou chorar, vou sorrir com coisas parvas, vou pensar, vou sonhar, vou escrever, vou ouvir musicas deprimentes, vou ultrapassar a ida dele, vou fazer loucuras, vou cair, vou-me levantar, vou viver, vou (quem sabe), morrer, vou suspirar, vou pestanejar, vou-me levantar todos os dias, e, dia após dia, me cansarei mais, vou envelhecer, vou acabar a escola, vou trabalhar, vou prosseguir, vou encontrar outro alguém, vou voltar a ser feliz, vou voltar a sonhar e voltar a cair, porque sei que por muito que eu viva, que eu sonhe, que eu ame, que eu chore, que eu sorria, que eu pense, que eu ultrapasse, que eu deprima com meras musicas, que eu caia, que eu me levante, qye eu faça loucuras, até que eu morra, algo ficará cá, e de uma coisa eu tenho a certeza, aconteça o que acontecer algo ficará, algo sobreviverá para contar a história deste amor, esta história de alguém que ficou preso ao passado e que ficará para sempre ligado a ele.
Sorria, chore, sozinha ou acompanhada, faça loucuras, ou não tenha força para me aguentar, sozinha ou acompanhada, escreva ou deixe uma folha em branco, seja sozinha ou acompanhada, viva ou morra, sozinha ou acompanhada, caia ou me levante, uma coisa eu não sei, não sei se será sozinha ou acompanhada :'C

A.L :'C

Sem comentários:

Enviar um comentário