quinta-feira, 12 de agosto de 2010

(...) Por nada (...)

Hoje sinto'me bem, hoje sinto que algo mudou em mim, não pelo que se tenha passado, não por tudo, mas por nada...
Certas vezes sabe bem agente se contentar com o nada, pois há muita gente que assim vive todos os dias de suas vidas, quando olho para trás vejo um passado incerto uma coisa estranha que pairava por lá, muita tristeza, alguma alegria, mas sobretudo uma enorme vontade de viver e de encarar o mundo que a todos nos rodeia e principalmente de mudar tudo o que o afectava.
Hoje penso que o dia de ontem foi bom, o de hoje melhor, mas quem me dirá que o de amanha irá ser de alegria, quem me poderá dizer que amanha vou viver sem pesos, sem responsabilidades, e mais, quem me poderá garantir que amanha ainda cá permaneço ?
Hoje, li, ouvi, senti coisas que me fizeram crescer, mais do que alguma vez algo me fez, hoje foi um dia de construção de um novo futuro!

Vive a tua vida não como os outros acharem melhor, e sim como a quiseres viver, alarga os teus horizontes..
Mas sobretudo toma em consideração grandes palavras de uma celebre figura portuguesa que marcará para sempre: ‎"Apreciem cada momento (...) não deixem nada por dizer, nada por fazer" By. António Feio


---● Pois amanha já poderá ser tarde de mais ●---

5 comentários: